enna pelvic ball
a melhor solução para a incontinência urinária

A incontinência urinária afeta 1 em cada 4 mulheres em Espanha a partir dos 35 anos*
A reabilitação por fisioterapia do pavimento pélvico pode melhorar a incontinência urinária da mulher**

Saúde Pélvica

O pavimento pélvico não é rígido, mas sim dinâmico. Este adapta-se ao movimento e às mudanças de postura, mantendo sempre uma tensão adequada. Quando o músculo enfraquece, as estruturas que suporta descem, alterando a sua função.

A musculatura do pavimento pélvico é formada por:

Do total da musculatura; trabalha-se com os exercícios de Kegel, que dão força ao pavimento pélvico.

Esta encarrega-se do tónus e da resistência do pavimento pélvico. É um músculo involuntário e constitui 80% do total da musculatura.

Como exercitamos a musculatura pélvica?

Com a enna pelvic ball!

Graças ao seu interior em forma de diamante irregular, a esfera vibra com mais intensidade e colide com as paredes internas. Esta vibração faz com que a musculatura do pavimento pélvico reaja e se contraia imediatamente de forma involuntária.

Fisioterapeutas especializados no pavimento pélvico indicam que o fator mais importante num exercitador do pavimento pélvico não se baseia nem no tamanho nem no peso, mas nas vibrações que este proporciona.

Com o seu interior em forma de diamante irregular, enna pelvic ball provoca intensas vibrações quando choca contra as paredes interiores da esfera vaginal, aumentando a circulação sanguínea, o tónus muscular e a lubrificação.

*Estudo de prevalência 2007 – Observatorio Nacional de la Incontinencia
**Pelvic floor muscle training versus no treatment, or inactive control treatments, for urinary incontinence in women – Dumoulin C, Hay-Smith EJC, Mac Habée-Seguin G.